PINTOR PROFISSIONAL

Os tipos de tintas mais usadas

Os tipos de tintas mais usadas

À cal - É uma tinta muito barata e de fácil aplicação, mas não é lavável. Ela é usada em muros e paredes externas.

Látex ou PVA - Tinta feita à base de água, geralmente utilizada em pintura de paredes internas, principalmente para tetos e áreas secas que dispensam manutenção constante. É encontrada apenas em acabamento fosco, pois sua resina não permite a variação de brilho. Oferece pouca resistência à ação do sol e tem baixa lavabilidade, ou seja, não resiste à limpeza constante.

Acrílica - Também é uma tinta feita à base de água. É indicada para pinturas internas e externas. As tintas acrílicas podem ser encontradas em três tipos de acabamento:

- Fosco: menos resistente à limpeza, no entanto, ressalta menos as imperfeições da parede. 

- Semibrilho: tem um pouco de brilho e resiste mais à limpeza do que a tinta fosca. Devido ao brilho que possui, destaca mais as imperfeições da parede. 

- Acetinada: confere à parede um toque mais fino, sofisticado, com um brilho suave, que resiste bem à limpeza. Assim como a tinta semibrilho, ela destaca as imperfeições da superfície. 

Emborrachadas: São indicadas para pintura de paredes externas, possuem uma película flexível que acompanha a dilatação e retração da argamassa sob mudança de temperatura, protegendo a parede da umidade e da ação da chuva e do sol. É a mais indicada para fachadas e muros. 

Laváveis: Têm acabamento acetinado e oferecem grande resistência à limpeza, sendo ideal para ambientes com grande tráfego de pessoas ou locais onde há crianças. Elas podem ser usadas tanto em ambientes internos como externos. 

Sem cheiro: São produtos que, em sua maioria, perdem o odor em até três horas após sua aplicação. Estão disponíveis em acabamento fosco e acetinado e podem ser utilizadas na pintura de ambientes internos e externos. 

Melhor opção de tinta de acordo com a arquiteta

De acordo com a arquiteta Milena Becker, de um modo geral, a melhor opção é a tinta acetinada. Ela explica que a brilhosa se torna cansativa com a presença da luz solar, pois ofusca os olhos. Já a opaca deixa muito evidente a sujeira. “Opte pela tinta acetinada acrílica, que é mais bonita e fácil de limpar”, indica Milena. 

Esmalte, verniz e à óleo

- Esmalte: Muitos esmaltes são feitos a partir de solventes, assim apresentam cheiro forte e secagem demorada. No entanto, vários fabricantes estão produzindo esmaltes à base de água, que resultam em produtos de baixo odor e secagem rápida.
Os esmaltes podem ser encontrados em acabamento fosco, alto brilho e acetinado. Devem ser aplicados em superfícies de madeira e metal, inclusive em áreas externas, já que oferecem boa resistência à ação da chuva e do sol. São especialmente indicadas para madeiras, metais e azulejos.

- Verniz: São produtos fabricados a partir de solvente que oferecem proteção a superfícies de madeira. Costumam ser transparentes, com acabamento fosco, acetinado ou brilhante. Mas há também vernizes pigmentados e com acabamentos especiais que simulam a cor de madeiras nobres. Assim como os esmaltes, também existem alguns vernizes à base de água. Os vernizes formam uma película protetora que impede a absorção de água.

- À óleo: A tinta a óleo possui um ligante do tipo oleoso (óleos vegetais, minerais, essência de terebentina, etc.) que dá um acabamento muito bonito, que pode ser fosco ou brilhante. É utilizada em pinturas que requerem grande beleza como móveis, janelas e portas. O óleo confere uma grande impermeabilidade à penetração de água, sendo portanto um protetor muito bom para materiais como madeira e ferro.

 

Fonte: http://www.hagah.com.br

Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
ONLINE
1






 

Parcelamos nos cartões de crédito